Cesama - água é vida

Newsletter

Receba todas as novidades da Cesama.

?>
 

Serviços

 

Publicado em: 27/01/17

Despoluição do Paraibuna - Cesama usa tecnologia inovadora para reduzir transtornos no trânsito

Despoluição do Paraibuna - Cesama usa tecnologia inovadora para reduzir transtornos no trânsito

As obras para despoluição do Rio Paraibuna continuam em andamento, com a implantação de redes interceptoras de esgoto na Avenida Brasil, entre as ruas Benjamin Constant e Halfeld. No local, estão sendo instalados cerca de 750 metros de tubulações na margem direita do rio, que impedirão que o esgoto caia diretamente no curso-d`água, sendo encaminhado para as estações de tratamento por meio de elevatórias.

Segundo o diretor de Desenvolvimento e Expansão da Cesama, Marcelo Mello do Amaral, uma inovadora tecnologia de intervenção está sendo aplicada nestes locais, buscando reduzir ao máximo os transtornos no trânsito: “Trabalhamos com uma tubulação de grande porte, feita de concreto, com 1,20m de diâmetro. Em virtude disso, recortar o asfalto para a implantação da rede se mostrou inviável, uma vez que seria necessário interditar toda a via. Assim, optamos pela escavação de um túnel subterrâneo, que também nos garantirá a profundidade necessária à rede”. Para isso, foram abertos apenas dois acessos na avenida, um próximo à ponte da Benjamin Constant, e o outro próximo ao viaduto Augusto Franco.

Marcelo conta que a adoção desta tecnologia apresentou grandes vantagens em relação à interferência com o cotidiano do trânsito da cidade. “Além disso, ainda conseguimos reduzir os impactos ambientais de uma escavação a céu aberto em grande profundidade”, salientou.

Em dezembro de 2016, foi concluída a implantação dos interceptores que conduzirão o esgoto dos bairros Poço Rico, Vila Ideal e adjacências até a elevatória Vila Ideal, também já construída no final da Avenida Francisco Valadares. Este sistema encontra-se em fase de testes.

A previsão é de que, ainda no primeiro semestre de 2017, sejam finalizadas as obras da primeira fase do projeto, que incluem elevatórias e redes localizadas na margem direita do Rio Paraibuna, desde a Rua Benjamim Constant até a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) União-Indústria, em Granjas Bethel. São necessárias, também, as obras da segunda etapa, que englobam a implantação de coletores de esgoto nas margens dos principais córregos da cidade, como o de São Pedro e Tapera (com trabalhos já iniciados), bem como d`Anta, Matirumbide e Yung, incluindo as respectivas estações elevatórias, para que, desta forma, este conjunto de obras seja interligado ao sistema construído na primeira fase do projeto.


* Informações com a Assessoria de Comunicação da Cesama, pelo telefone 3692-9179.

 

 

 

Imagens


 
 

+ novidades

 
 
 
 

>> Intranet

© 2010 - Cesama - Todos os direitos reservados . Termos de Uso

ato.interativo - agência web