13/09/2019 Baixa umidade do ar - Cesama orienta sobre uso racional e pede economia de água

Postado por: Leonardo

As altas temperaturas registradas em Juiz de Fora nos últimos dias, aliadas à baixa umidade relativa do ar, levaram ao aumento no consumo de água, causando reflexos e desabastecimento em algumas regiões da cidade. A Companhia de Saneamento Municipal (Cesama) está monitorando a situação e orienta a população para que economize água, até que o sistema esteja totalmente regularizado.

O diretor técnico-operacional da Cesama, Márcio Pessoa, explicou que, além do calor intenso e da umidade baixa do ar, outros fatores contribuem para o desequilíbrio do sistema: “A Represa de São Pedro está com nível de 28,6% de reservação, cerca de oito pontos percentuais a menos do que apresentava no mesmo período do ano passado, quando tinha 36,9% do volume total acumulado. Hoje, já estamos complementando o abastecimento da Cidade Alta com água do sistema central, e isso já é motivo para ficarmos alerta. O nível de Chapéu d’Uvas está dentro do esperado para essa época do ano, assim como o da Represa João Penido, que conta com auxílio da interligação da adutora de Chapéu d’Uvas, para que seu volume seja preservado”.

Além disso, a Estação de Tratamento de Água (ETA) “Marechal Castelo” está operando com um filtro a menos, em virtude de sua reforma. “Ao todo, seis filtros da unidade serão reformados. A Cesama iniciou os trabalhos em julho, e escolheu o período de inverno exatamente para não causar prejuízos ao sistema, sendo que a ideia é chegar ao período de verão com as obras concluídas e o sistema reforçado”, explicou Pessoa.

Trabalhos rotineiros, como reparos, substituição de redes de água e manutenção de bombas também acabam interferindo no funcionamento do sistema, especialmente em dias de maior consumo.

Dicas de economia

* Confira algumas atitudes que podem ser adotadas para evitar o desperdício de água:

. Ao escovar os dentes, abra a torneira apenas para enxaguar a boca e lavar a escova;

. Feche a torneira, para que ela não fique pingando, e, ao fazer a barba, evite deixá-la aberta;

. Na hora do banho, fique com o chuveiro aberto somente o tempo necessário;

. Para lavar o carro, use balde ao invés da mangueira;

. Regue o jardim das 6 às 8 horas, ou após as 19 horas. Isso evita o excesso de evaporação e mais gastos;

. Não dê descargas prolongadas. Se possível, utilize caixa acoplada, que consome menos água;

. Ao lavar a roupa na máquina, use toda a capacidade da lavadora;

. Reaproveite a água do tanque e da máquina, para lavar calçadas e pátios;

. Faça checagem geral nas instalações hidráulicas da casa. E, ao construir ou reformar, dê preferência a torneiras e descargas que consumam menos água.


* Informações com a Assessoria de Comunicação da Cesama pelo telefone 3692-9179.

transparência