23/08/2019 28ª Semana de Prevenção de Acidentes de Trabalho da Cesama promove debate sobre direitos e deveres

Postado por: Leonardo

Nesta sexta-feira, 23, a Companhia de Saneamento Municipal (Cesama) encerrou sua 28ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat), realizada na Represa de Chapéu d’Uvas. Organizado pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) da empresa, o evento debateu direitos e deveres do trabalhador, tendo como foco a questão previdenciária.

Abrindo o encontro, o presidente da atual gestão da Cipa, Márcio Simões Rogel, falou sobre a importância de resgatar características marcantes da empresa e adaptá-las aos novos tempos. “A última Sipat em Chapéu d’Uvas aconteceu em 2010. Ao trazer o evento novamente para cá, quisemos reaproximar os empregados. Outra prioridade da nossa gestão foi o foco na prevenção. Como resultado desse trabalho, teremos, em breve, novos procedimentos de segurança para ações com escoramento de vala, além de uma cartilha sobre o tema”, afirmou.

Na sequência, a mediadora judicial do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG), Beatriz Gabriel Arruda, realizou uma reflexão sobre escolhas pessoais e seus impactos no futuro, além de promover uma dinâmica de grupo abordando temas atuais do mercado de trabalho. Logo após, foi a vez do advogado Jonas Muniz de Almeida tirar dúvidas sobre as reformas previdenciária e trabalhista, além de avaliar as novas regras de transição da aposentadoria.

A questão da previdência privada e o sistema de capitalização também foram abordados em palestras ministradas pelos próprios empregados da Cesama: o supervisor de Tesouraria, Celito Luz Olivetti, e o assessor de Planejamento e Controladoria, Mário de Araújo Porto Filho.

Fechando o evento com muito bom humor, o grupo teatral Gattus Pingadus, composto exclusivamente por empregados da Cesama, encenou sua nova peça “Balaio de Gattus”. O texto mostra a rotina de um circo onde os integrantes são obrigados a se desdobrar para acumular funções, o que acaba gerando situações inusitadas.

Para o auxiliar da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Barbosa Lage, Bento Macário Batista, a Sipat foi uma oportunidade de interagir com pessoas que ele não conhecia: “como muitos trabalham em unidades distantes, muitas vezes, só conseguimos interagir pessoalmente em encontros como esse, principalmente, durante as dinâmicas de grupo, quando conversamos sobre nossa rotina profissional. Foi muito interessante participar. Saímos daqui levando um grande aprendizado”.


* Informações com a Assessoria de Comunicação da Cesama, pelo telefone 3692-9179.
 


 

transparência