Cesama - água é vida

Newsletter

Receba todas as novidades da Cesama.

 

Serviços

 

Publicado em: 25/01/19

Forte calor - Cesama orienta população para que faça uso racional da água neste período

Forte calor - Cesama orienta população para que faça uso racional da água neste período

 

Desde o início do ano, a Cesama tem verificado um crescente aumento no consumo de água, inicialmente compatível com o aumento da temperatura média decorrente da falta de chuvas no mês de janeiro, o que não é comum para o período. Do total de 295 milímetros previstos para esse mês, choveu apenas 29%, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O forte calor aliado à ausência de chuvas demanda uma maior produção de água da companhia, mas é necessário também que a população faça o uso consciente do produto. 

Segundo o diretor de desenvolvimento e expansão da Cesama, Marcelo Mello do Amaral, os números apontam para um acréscimo de 26% na produção, se comparados com a média usual, que é de 1.500 litros de água por segundo (l/s): “Embora os mananciais estejam em níveis satisfatórios – afastando a necessidade de um rodízio ou racionamento – e o sistema produtivo esteja preparado para absorver tais variações, quanto maior o tempo de permanência em níveis elevados de fornecimento, maior é a chance de falhas. Foi o que ocorreu na última terça-feira, 22, com rompimento de redes em alguns pontos da Região Leste da cidade. Ainda houve o rompimento de uma importante tubulação na Avenida Brasil, responsável pelo abastecimento de uma área significativa do município, cujos reparos se estenderam até a madrugada de quarta, 23”. 

O diretor explica que o desabastecimento aliado à forte onde de calor dificulta a recuperação normal do sistema. “A Cesama está dando prioridade ao atendimento de unidades de saúde e similares por meio de caminhão pipa. Enquanto isso, a companhia está empreendendo todos seus esforços para que o sistema seja totalmente regularizado, de forma mais breve possível. Solicitamos, também, a cooperação da população para evitar desperdícios”.

Alguns hábitos podem contribuir para diminuir o consumo de água:

Torneiras

- Feche a torneira ao ensaboar as mãos, escovar os dentes e fazer a barba. Só abra quando for realmente utilizar a água. 
- Faça o mesmo ao lavar roupas e louças: torneira aberta só na hora do enxágue.
- Confira se a torneira está totalmente fechada. Você sabia que uma torneira com um filete de 1mm desperdiça, em média, 1.280 litros de água por dia?

Banheiros

- Não abuse da descarga. Ela pode consumir até 40% da água usada em toda a casa.
- Regule periodicamente a válvula da descarga.
- Não jogue papel, absorvente higiênico, fraldas descartáveis, cotonetes, preservativos ou pontas de cigarro dentro do vaso sanitário, pois podem causar entupimentos.
- Diminua o fluxo de água do chuveiro. Quando estiver se ensaboando, mantenha o chuveiro fechado.

Áreas externas

- Prefira sempre o balde à mangueira para lavar o carro, por exemplo. É mais econômico.
- Se precisar usar a mangueira, compre um esguicho (tipo bico). Com ele, o fluxo de água é interrompido sempre que você não estiver utilizando a mangueira.
- Não use o jato d`água para “varrer” o chão. Prefira a vassoura. Você pode, também, aproveitar a água da máquina de lavar para limpar passeios, terreiros e pátios.
- Evite lavar carros, garagens e calçadas, bem como regar jardins, várias vezes por semana. 

Equipamentos

- Cuidado com o hidrômetro. Se suspeitar de vazamentos no aparelho, ligue para o Cesama Atende – 115. 
- Caso o usuário suspeite de vazamentos internos, ele mesmo deve contratar um técnico para os trabalhos de vistoria. 
- Cheque sempre o funcionamento da boia d`água instalada na caixa d`água.

* Informações com a Assessoria de comunicação da Cesama pelo telefone 3692-9179.


 

Imagens


 
 

+ novidades

 
 
 
 

>> Intranet

© 2010 - Cesama - Todos os direitos reservados . Termos de Uso

ato.interativo - agência web